Central Engenharia - Mercado de Trabalho | Cursos e Salários

Social Icons

terça-feira, 12 de março de 2013

Engenharia a Distância Vale a Pena?

Como Assim? Engenharia a Distância 

Você acredita que é possível formar engenheiros de qualidade em um curso de engenharia EAD (Curso de Engenharia a Distância)? É nisso que muitas universidades tem apostado. Com o objetivo de formar profissionais da área da engenharia várias universidades estão abrindo cursos de engenharia EAD (Curso de Engenharia a Distância), e por enquanto são apenas alguns curso que não exigem muitas aulas práticas como engenharia florestal por exemplo.

Engenharia a Distância

A Grande Dificuldade Que Essas Universidades Tem Enfrendato


A grande dificuldade que essas universidades tem enfrentado é justamente a integração de aulas práticas com as aulas teóricas, mas não é nada que venha a desmerecer o curso, pois as universidades tem se esforçado em manter as principais matérias em dia e com um número de aulas presenciais maior se comparado a maioria dos outros cursos de graduação no método EAD.
A grande vantagem oferecida por um curso de engenharia EAD (Curso de Engenharia a Distância) é justamente a flexibilidade de horário, o que permite ao estudante um melhor aproveitamento do tempo e a possibilidade de fazer estágio sem interferir no andamento do curso de maneira significativa.
Um grande beneficio que tem atraído muitos jovens a este tipo de curso é o valor da mensalidade que geralmente é bem menor do que uma graduação normal, além do salário de um engenheiro que atualmente é bem valorizado, independente da área de atuação.
Se você pretende cursar um curso de engenharia EAD (Curso de Engenharia a Distância) você pode cursar sem medo pois, esses cursos já estão sendo reconhecidos pelo MEC, mas, não se esqueça de verificar junto ao MEC antes de fazer a matricula se o curso da universidade que pretende cursar está cadastrado.

Fonte: Engenhariabr

21 comentários:

  1. Cara na moral, que tipo de empresa contrataria um engenheiro formado online, não faz sentido, se hoje em dia formado presencial já está uma merda arrumar emprego imagine um semi-analfabeto formado online. de verdade se esse mec não fosse corrupto assim como, os demais setores do governo isso nem existiria. e outra coisa a carga horaria cagueta a formação do aluno. certamente ele tera só um diploma e nada mais talvez se estudar muito e pagar um cursinho consiga entrar no setor público como engenheiro de alguma prefeitura para trabalhar no setor de fiscalização ganhando uma merda.

    ResponderExcluir
  2. Sou formado em Engenharia de Produção Mecânica, e posso falar que estou me sentindo desvalorizado, virei noites estudando nos 5 anos em que estive na Universidade e agora a mesma Instituição que se vangloriava de ostentar títulos de excelência na área de engenharia, coloca um curso EAD em engenharia, isso é completamente sem proposito e um tiro no pé, tenho duas faculdade "Presenciais" e curso Mestrado e posso falar com certeza que o mercado não aceita meio profissional, você não pode apagar a convivência pratica com professores e alunos que nos fazem diferenciados em qualquer área, quem gostaria de morar em um prédio que um engenheiro a distância projetou, ou se consultar com um médico que tele aulas práticas pela internet.
    Não é de se admirar que pontes e ciclovias estejam caindo, a educação não é mais levada a sério a muito tempo, onde faculdades se prostituem em nome de lucros, isso que a safra de engenheiros formados a distância nem saiu, pensem no caos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como vc mesmo disse "isso que a safra de engenheiros formados a distância nem saiu" quer dizer que foram os engenheiros de cursos presenciais que derrubaram pontes... O bom profissional busca se destacar e adquirir conhecimentos nao importa os meios .

      Excluir
    2. Boa resposta cara.
      Concordo com você. Alguns brasileiros querem moleza até nos estudos. Vai estudar cara, e para de preguiça sujeito.

      Excluir
    3. na verdade as pontem q caem é por causa ddos alunos presenciais

      Excluir
    4. na verdade as pontem q caem é por causa ddos alunos presenciais

      Excluir
    5. Pessoal, as faculdades presenciais estao lotadas de alunos imaturos nas publicas nem se fala. Dica: TEm que ter experiência em obra, nem que seja de ajudante, vai fazendo seu curso ead na boa ai sim vc sera um grande engenheiro civil. essa historia de presencial e melhor conversa fiada estudo na pucminas e o que vejo imaturidade o tempo todo, alunos colando via whats app etc

      Excluir
  3. Ainda falando a vcs, tem muito mocinho de diploma de civil embaixo do bracinho, desempregado e reclamando da vida. tem que ter experiencia, tem que trabalhar durante o curso. Essa profissao se aprende com pratica. Agora quem nao quer ir pra obra durante o curso o jeito e fazer pos e ser professor. Tem muito aluno que tem pavor de obras e esta sentado com o traseiro nos bancos das publicas se achando... Continuem se achando e os ead estao dominando o mercado.

    ResponderExcluir
  4. O problema não é a flexibilidade de horários, o problema seria o grande custo nas universidades particulares, e a maioria das pessoas não tem a capacitação de passar em faculdades Estuais ou Federais, ela é flexivel no preço e não nos horários!

    ResponderExcluir
  5. Impressionante ler tanto "recalque" por parte dos filhinhos de papai aí que estudaram em universidades presenciais. As pontes estão caindo por causa de vocês amigo, não por causa dos alunos ead que ainda nem se formaram. O ensino a distância exigi muito mais disciplina e dedicação e a vivência presencial não quer dizer nada. Senta a bunda na cadeira e vai estudar rapaz. Eu posso falar porque já estudei em ambas as modalidades, e as duas tem seus prós e contras, mas não dá pra questionar a qualidade do profissional formado a distância, isso é uma burrice de gente ignorante e retrograda. Antes de falar merda, e emitir conclusões sem nenhuma base (Acho que alguém aí faltou a aula de metodologia científica, pois o pensamento científico não é baseado no "achismo" do senso comum), se matricule em uma universidade a distância, se forme, e depois, só depois de ralar 5 anos em uma faculdade a distância, você poderá emitir sua opinião, seu boçal de merda, filhinho da mamãe.

    ResponderExcluir
  6. Sou engenheiro de computação (presencial) e estou no último ano do curso de engenharia elétrica (a distância). Portanto, acredito que eu tenho bastante propriedade nesse assunto.

    Entrei no curso presencial quando tinha 18 anos, logo depois da conclusão do ensino médio (universidade particular). já o curso a distância comecei quando tinha 33 anos e já estava inserido no mercado de trabalho, com bastante experiência na área. Escolhi o curso para agregar valor ao meu currículo (tenho 2 pós graduações em gestão) e para conseguir fechar novos negócios que estão aparecendo - sempre fui empreendedor.

    Posso dizer, sem a menor dúvida, que aproveitei muito, mas muito mais o curso a distância. Pela minha maturidade, pela flexibilidade de horários (hoje trabalho mais que 50h por semana e tenho 3 filhos - o que impossibilitaria de eu cursar engenharia presencialmente, 5 dias por semana, 4h por dia).

    Portanto, resumindo, posso assegurar que quem faz o aluno é o aluno e não o curso ou a instituição. Para o aluno esforçado, o resultado será satisfatório, seja EAD ou presencial. Para o aluno que não tem motivação, será um mal profissional, independente se o curso foi ministrado a distância ou presencialmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela contribuição!!
      Bom receber esse tipo de feedback.

      Eu estou me formando em Engenharia de Software EAD e não vejo muita diferença, a não ser que eu prefiro aprender com foco em matemática e meu curso, assim como o mesmo presencial, focam mais no dev do software mesmo, mais mão na massa.
      Eu só consigo ver números, funções, matrizes, vetores etc
      Foi só assim que consegui aprender a desenvolver.

      Espero que seja possível tentar um mestrado fora do país com EAD.
      Eu já trabalho pra uma companhia multinacional, então acho que seria o passo final pra realização.

      Excluir
  7. Na moral?
    A verdade é que muito mlk que estudou no presencial(como eu) acha que "não é justo" um cara que se formou no ead competir de igual.

    Porém, eu penso que é uma visão muito imatura e medíocre!
    Digo porquê:

    Na Alemanha, de onde minha família vem, há muitas universidades com cursos presenciais que tem até 40% das aulas à distância e esse número só cresce!
    Existe EAD na Alemanha também e se chama Fernstudium, literalmente, faculdade à distância.

    As graduações lá, tÊm duração, quase sempre, de 3 anos. E a despeito de serem em turnos integrais, o que é muito cobrado é o conceito de:

    LERNAUTONOMIE - Autonomia de aprendizado, em tradução livre.
    Foi o foco do bacharel em Letras Alemão na UFSC, que eu cursei por um tempo.
    O que se busca são alunos capazes de buscar a fonte de conhecimento SOZINHOS, daí a autonomia e não alunos que vão pra sala de aula esperar o gotejamento do professor, ou ter este, como fonte única de conhecimento.
    Foi para quebrar esse paradigma, que as universidades começaram a apostar no EAD, que em grade curricular, muitas vezes não tem perdido muito para o presencial.

    E por último, como já foi falado, o que importa quando vc se forma, não é ter o diploma e sim, SABER FAZER!
    Segundo a última pesquisa de uma PhD que deu entrevista à FOlha, se não me equivoco, 80% dos formandos não conseguem emprego na área!
    Esse número é de unis tradicionais e presenciais!
    Ué ... como pode se é tão "superior" o ensino?

    Não significa, que um ead vai tirar a vaga do presencial, ppois também penso que o presencial teria vantagem, mas ainda acho que vão preferir quem for melhor qualificado e melhor preparado pra desempenhar o papel a que se dispõe.

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de cursa engenharia de produção na uninter e uma boa escolha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mano a uninter é boa mas ainda não é reconhecida pelo mec..apenas quando o primeiro curso de engenharia .

      Excluir
  9. Bom dia a todos faço Engenharia de produção.presencial.e to indo para distância.

    ResponderExcluir
  10. A distancia e muito melhor inclusive vem de paises desenvolvidos que não e o caso do Brasil....onde boizinho vai pra faculdade por conta do papai , vive na Gandaia e bebedeira...só baderna mas tbm se forma e acha que e melhor porque fez presencial nada a ver...

    ResponderExcluir
  11. A distancia e muito melhor inclusive vem de paises desenvolvidos que não e o caso do Brasil....onde boizinho vai pra faculdade por conta do papai , vive na Gandaia e bebedeira...só baderna mas tbm se forma e acha que e melhor porque fez presencial nada a ver...

    ResponderExcluir
  12. Bom dia a todos!! Sou Técnico em Manutenção Mecânica há mais de dez anos, trabalho em regime de embarque (14x21) e por conta do próprio regime de trabalho e dos compromissos em casa com esposa e filhos, buscarei a Engenharia Mecânica à distância... Gostaria de saber dos senhores que já tem experiência na Engenharia EAD se indicam alguma instituição em especial?? Aqui na minha região existem a UNOPAR, a UNIASSELVI (a qual já estou finalizando a graduação em ADM, mas gostaria de estudar em outra instituição) e a Claretiano, que oferecem Engenharia Mecânica EAD... Recomendariam alguma destas??? Conseguem mesmo dar conta de matérias como cálculo e álgebra estudando sozinhos??

    ResponderExcluir